O blog do Cavaleiro Maker

[Especial] Silent Hill

Postado por Eduardo Botelho Em terça-feira, 11 de maio de 2010 0 comentários

Desculpem pelo sumiço, mas estive sem tempo de estar escrevendo algo aqui.
Queria continuar as matérias sobre games de Terror, com o já citado Silent Hill, mas percebi que todos os jogos tem uma forte ligação, logo não poderia escrever sobre apenas um deles (minha intenção era usar o SH3, mas é completamente dependente do primeiro...) . Então resolvi fazer uma matéria especial sobre toda a saga, que (infelizamente) não será postada hoje, mas depois, e um após o outro (exceto SH2, considerado por muitos como o melhor, e o único que não joguei, então não tem como analisar...). Estarei em breve escrevendo sobre os jogos nesta ordem: SH, SH3, SH4, SH0 (ou Origins) e finalmente o mais recente, SH: Shattered Memories (que também tem forte ligação com SH e SH3). Apenas para deixar com aquele gostinho de água na boca, vou deixar um trecho da história de Silent Hill.




Origem

A origem de Silent Hill data do século XVII, antes da chegada dos colonizadores ingleses. A área era um lugar sagrado, onde os nativos indígenas americanos conduziam rituais religiosos e referenciavam a cidade como "O local dos espíritos silenciados". Por volta de 1607, começa a colonização dos EUA, mas, só em meados de 1600, os colonos ocupam o território de Silent Hill. No começo do século XVIII, acontece uma terrível epidemia na cidade e os habitantes a abandonam. Nesse século, os EUA declaram independência e George Washington é eleito o primeiro presidente.

Quando estoura a Guerra de 1812, a cidade é repovoada como uma colônia de prisão, então a Prisão Silent Hill (um dos locais do segundo jogo) é construída e só então a cidade recebe o nome de Silent Hill. Muitas pessoas morreram nessa terra e por causa dos pensamentos e sentimentos dos prisioneiros, a energia original da cidade foi gradualmente aumentada e distorcida.

Uma nova epidemia ocorre e o Hospital Brookhaven é construído para contê-la. Em 1830, começa a remoção forçada dos índios nativos. Por volta de 1840, a Prisão Silent Hill é fechada e, sobre esse terreno, é construído a Sociedade Histórica de Silent Hill, que reúne documentos e obras de artes da origem da cidade. Em torno de 1850, é descoberto uma mina de carvão, posteriormente chamada de Wiltse, revitalizando a cidade.

Em 1861, começa a Guerra Civil Americana (Guerra de Secessão). Patrick Chester (que é homenageado com uma estátua no Lago), participa na guerra junto com seu filho. Em 1862 o campo de prisão Toluca foi construído para prisioneiros de guerra. Entre 1865 e 1866 é o ponto máximo da Guerra Civil e o Campo de prisão é transformado na Prisão Toluca. Em torno de 1890 nos EUA, a resistência dos nativos americanos termina e em Silent Hill, pessoas começam a desaparecer. No começo do Século XX a Prisão Toluca fecha e a mina de carvão Wiltse pega fogo e com isso, Silent Hill se torna uma cidade turística, em decadência.

Em Novembro de 1918, num dia nublado, um barco chamado Pequena Baronesa desaparece no lago e, desde então, nunca mais se teve pistas, nem da embarcação, nem dos catorze tripulantes e turistas. A partir de 1939, estranhos incidentes ocorreram no Lago Toluca e algumas pessoas diziam ver mãos esqueléticas saindo da água para tentar agarrar os barcos que passavam e depois voltando para o fundo do lago. Durante uma data desconhecida, o prefeito de Silent Hill morre de repente e os integrantes da equipe de desenvolvimento turístico da cidade morrem um a um de acidente.

Fonte: Wikipedia.org 

0 comentários:

Postar um comentário